Paramaçônicas

Escoteiros do Brasil

Criado por Robert Baden-Powell em 1907, na Inglaterra, é um movimento educacional não-formal, centenário e atualizado pelo constante aperfeiçoamento. A proposta do Movimento Escoteiro é contribuir para o desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens, por meio da vivência de atividades ao ar livre e em equipe, favorecendo o desenvolvimento da fraternidade, da liderança, solidariedade e responsabilidade, tendo por objetivos a realização pessoal e o bem-estar coletivo. No Estado de São Paulo, o Escotismo soma 22.600 membros distribuídos em 304 Grupos Escoteiros, que se empenham na complementação da formação de cada criança, adolescente e jovem. A União dos Escoteiros do Brasil é uma associação com atuação nacional, sem fins lucrativos, de caráter educacional, cultural, beneficente e filantrópico. Desde 2004, há cooperação mútua entre a Grande Loja do Estado de São Paulo e a União dos Escoteiros do Brasil – Região de São Paulo. Grupos Escoteiros espalham-se pelo mundo, sem discriminação de fronteiras, raças e credos: são cerca de 31 milhões de membros, presentes em 216 países.