Paramaçônicas

Estrela do Oriente

Foi fundada em 1850 por Robert Morris, Mestre Maçom e Grão Mestre do Estado de Kentucky (USA) sendo uma das mais sólidas instituições existente no mundo e ligada à Maçonaria Universal.

A Sociedade cresceu muito desde então e atualmente está representada em todos os continentes, possuindo cerca de 1.500.000 membros.

É uma organização considerada Paramaçônica, instituída com a finalidade de congregar a família maçônica, sob o manto dos ensinamentos seculares de solidariedade, amor ao próximo, liberdade de expressão, liderança moral e intelectual e crença na existência de um Ente Supremo.

Dela fazem parte mulheres de bons princípios e valores espirituais, bem como homens, necessariamente Mestres Maçons. Não é uma religião, nem uma sociedade feminista, muito menos uma “maçonaria mista ou feminina”. Tem como propósito, através de seus trabalhos ritualísticos, ressaltar qualidades morais e espirituais, edificar o caráter, educar, fazer caridade e servir ao próximo. As reuniões são realizadas em Templos Maçônicos ou Salas Capitulares.

Para ser um membro da Estrela do Oriente, no caso de homem, deve ser Mestre Maçom regular e, no caso de mulheres, é preciso ser esposa, viúva, filha, filha adotiva, mãe, madrasta, irmã, neta, avó, bisavó, sobrinha, nora, sogra, prima, ou cunhada de maçom regular e ter mais de 18 anos completos.

A organização dá suporte à Ordem do Arco-Íris para Meninas e às Filhas de Jó Internacional, também Organizações Paramaçônicas, incentivando-as para uma vida de liderança dentro dos valores da Estrela do Oriente.

A Maçonaria honra-lhes com o indispensável patrocínio e lhes imprime as regras de ingresso e convivência, assim como a disciplina e a ética. Todavia, desenvolvem liturgia própria, sem paralelo ou referência com as praticadas pela Ordem Maçônica e adaptada a cada corpo, de acordo com o fim a que se destina.

O primeiro registro a respeito da Ordem da Estrela do Oriente no Brasil é em um artigo na Revista Astréa, publicada pelo Supremo Conselho do Grau 33º do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para o Brasil, datado de 1927, onde Mario Behing, fundador das Grandes Lojas no Brasil escreveu as vantagens e a necessidade da Maçonaria de trazer para o Brasil a Ordem da Estrela do Oriente.

Após 71 anos, em 1998, o assunto começou a ser estudado no Estado de São Paulo, quando o então Sereníssimo Grão Mestre da GLESP, Santo Taricano, em companhia de seu Grande Secretário das Relações Exteriores, Francisco Silveira Mello (ambos ingressaram na Ordem da Estrela do Oriente), participaram da Conferência dos Grãos Mestres e Grandes Secretários da América do Norte, na cidade de Philadelfia e estabeleceram um primeiro contato com a Ordem do Arco Iris para Meninas e, por meio desta, com a Ordem da Estrela do Oriente.

No ano de 1999 a GLESP efetivou as negociações e delegou a responsabilidade do projeto ao casal: Ivete Russo Leite e Cid Carlos Leite sendo que em 12 de setembro, com a presença do Grande Capítulo Geral representado pela Suprema Matriarca Florence A. Adair e Supremo Patriarca Lennart A. Johnson, foram Intituídos os Capítulos: São Paulo nº 1 de São Paulo; Força e Esperança nº 2 de Barretos; Aquarius nº 3 de Lençóis Paulista; União Fraterna nº4 de Jacareí; Phoenix nº 5 de Votuporanga; União nº 6 de Itupeva e Estrela Paulista nº 7 de São Paulo.

O Grande Capítulo do Estado de São Paulo foi fundado em 02 de agosto de 2003, na cidade de São José do Rio Preto, tendo sido Instituídos e Instalados seus primeiros Grandes Oficiais em 27 de setembro do mesmo ano no Palácio Maçônico, sede da Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo pela Mui Digna Grande Matriarca Patrícia Rasmusson e Mui Digno Grande Patriarca, Charles Creech.

Hoje conta com 36 Capítulos distribuídos no estado de São Paulo que concretizaram seu grande projeto, a construção da Casa de Apoio das Estrelas (Fundação Casa das Estrelas), inspirada na Casa do Maçom “João Barone”, localizada na cidade de Barretos, destinada ao apoio de pessoas em tratamento no Hospital de Amor.

Site: http://grandecapitulosp.com/   Contato: grandecapitulodoestadodesaopaulo@outlook.com